Ministério da Saúde recicla programa e inclui diagnóstico sem teste
TRF-1 garante ao GDF poder de decidir sobre a retomada das atividades

Turismo ocupa posição de destaque na economia catarinense

Foto: Divulgação

24 de junho 2020

Com um número estimado de 16,3 milhões de visitantes em 2019, o turismo ocupa posição de destaque na economia catarinense. O setor responde por 12% do PIB estadual e R$ 630 milhões em arrecadação de ICMS em 2019. A movimentação econômica induzida pelas atividades turísticas, entre 2018 e 2020, foi de aproximadamente R$ 33 bilhões, conforme levantamentos da Agência de Desenvolvimento do Turismo de Santa Catarina (Santur) e Fecomércio, considerando a ocupação hoteleira, visitação a atrativos e realização de feiras e eventos.

Os dados integram um diagnóstico realizado pela Santur e trazem uma visão geral da economia do turismo em Santa Catarina, num documento com 56 páginas. O levantamento também buscou estimar as consequências da pandemia do novo coronavírus para o setor, diretamente impactado pelas restrições de circulação de pessoas a partir de meados de março. Outros objetivos do documento foram apresentar o posicionamento da Santur frente à situação e as ações e projetos empreendidos para apoiar a retomada das atividades turísticas no estado.

Já estão abertas as reservas para Julho. Clique no banner e confira.

Além das cifras positivas, o estado tem a seu favor a imagem de qualidade e segurança dos produtos e destinos turísticos, reconhecida com inúmeros prêmios, como o título de “Melhor Estado Brasileiro para Viajar”, da revista Viagem e Turismo. Santa Catarina conquistou o troféu 12 vezes e por anos consecutivos em várias ocasiões. As 13 regiões turísticas abrigam perto de 400 atrativos de destaque e quase 3,5 mil pontos turísticos, conforme mapeamento realizado pela Federação Catarinense de Municípios (Fecam).

A semana começa mais uma vez muito gelada na Serra Catarinense
Pratas Thermas Resort – São Carlos – SC. Imagine reunir o conforto das melhores águas termais com o poder das pedras ametistas em um pacote especial para você cuidar da sua saúde. Isso tudo você encontra na parceria entre o Pratas Thermas e Ametista do Sul.

De acordo com estudo da FGV sobre os impactos da pandemia no turismo, as atividades somente retornarão ao nível próximo da normalidade em meados de 2021, isso se situação estiver estabilizada até julho de 2020. Com a retomada, o setor deverá crescer 16,9% ao ano até 2022 e 2023 para compensar a perdas estimadas em R$ 116,7 bilhões no biênio 2020-2021 em todo o Brasil.