Eduardo Paes anunciará maiores restrições no Rio de Janeiro
Cobal do Leblon pode ser transformada em Polo Gastronômico do Rio de Janeiro
Exibir tudo

Rock in Rio pode estar ameaçado devido ao cancelamento de shows internacionais

Vista geral da Cidade do Rock, no Parque Olímpico | Foto: Divulgação

03 de março 2021

Muitos artistas e bandas internacionais já estão cancelando seus shows no segundo semestre, mas até o momento, o Rock in Rio está mantido

O Rock in Rio alimentou as esperanças de muitos amantes da música ao anunciar que o festival está mantido para setembro deste ano. Entretanto, segundo o jornalista Ancelmo Gois, o evento está ameaçado.

De acordo com o jornalista, muitos artistas e bandas internacionais já estão cancelando seus shows no segundo semestre por conta da pandemia de Covid-19. Por isso, dependendo de como essa onda de cancelamentos se desenvolva, o Rock in Rio pode ser comprometido.

Até o momento, a organização do evento não anunciou nenhuma mudança, mas como dizia a nota que confirmava a realização do festival, a situação sanitária e o ritmo de vacinação estão sendo acompanhados.

Além disso, antes da divulgação da nota confirmando que o evento estava mantido, a organização do Rock in Rio, em contato exclusivo com o DIÁRIO DO RIO, afirmou que não havia nenhuma mudança nos planos em relação à realização do festival e que, por isso, o evento estava mantido para as datas inicialmente agendadas.

O Rock in Rio 2021 está marcado para os dias 24, 25, 26 e 30 de setembro e 01, 02, e 03 de outubro e o início da venda de ingressos está previsto para o dia 09/03. Para a edição deste ano, já foram divulgadas as primeiras atrações da line-up: no dia 24 de setembro, a Cidade do Rock recebe Iron MaidenSepultura, Orquestra Sinfônica Brasileira, Dream Theater e Megadeth.