Detran-DF controla tráfego nos postos de vacinação
Federação Internacional de Atletismo pede o adiamento dos Jogos de Tóquio

Primeiro-ministro do Canadá apoia decisão de não enviar atletas aos Jogos de Tóquio

O primeiro-ministro canadense Justin Trudeau apoiou a decisão de não enviar atletas aos Jogos Olímpicos de 2020 (Foto: Dave Chan/AFP)

24 de março 2020

O primeiro-ministro canadense Justin Trudeau endossou nesta segunda-feira a decisão das autoridades olímpicas de seu país de não enviar atletas para os Jogos Olímpicos de Tóquio devido à pandemia de covid-19 e afirmou que “todos devem seguir seu exemplo”.

O Comitê Olímpico Canadense e o Paraolímpico anunciaram no domingo que não enviarão seus atletas para Tóquio-2020 e pediram o adiamento dos Jogos.

Na coletiva de imprensa diária que ele transmite de sua residência em Ottawa sobre a situação do coronavírus, Trudeau reconheceu que essa foi “uma decisão difícil”.

“Sei que isso é doloroso para muitas pessoas: atletas, treinadores, funcionários e fãs. Mas foi absolutamente a decisão certa. Todos devem seguir o exemplo”, disse Trudeau, que está entrando em sua segunda semana de auto-isolamento com sua família na residência de Ottawa, depois que sua esposa foi diagnosticada com o vírus.

O primeiro-ministro disse que discutiu o assunto com seu colega japonês, Shinzo Abe.

“Eu sei que existem muitas preocupações sobre eventos internacionais. O primeiro-ministro Abe está muito ciente desses desafios”, garantiu Trudeau.

Pouco antes, Abe disse ao Parlamento que o Japão continua comprometido com a organização dos Jogos, mas admitiu que a decisão de adiar o evento “pode se tornar inevitável” se a pandemia impedir as condições de segurança necessárias.

O Canadá foi o primeiro país a tomar a decisão de não enviar atletas para Tóquio se os Jogos ocorrerem de 24 de julho a 9 de agosto.

“Embora reconheçamos as complexidades inerentes a um adiamento, nada é mais importante do que a saúde e a segurança de nossos atletas e da comunidade global”, disseram domingo os comitês olímpico e paralímpico do Canadá.