No Distrito Federal mais de 140 mil já fizeram testes rápidos para a Covid-19
Caixa concede R$ 6,3 bi de crédito para microempresas na pandemia

Polícia Civil do DF investiga médico que estaria furtando respiradores

Foto: Divulgação

03 de junho 2020

Profissional ocupa cargo de diretoria no Iges-DF. PCDF investiga a fraude e cumpre sete mandados de busca e apreensão.

Profissional ocupa cargo de diretoria no Iges-DF. PCDF investiga a fraude e cumpre sete mandados de busca e apreensão.

Nesta quarta-feira (03/06), a Polícia Civil (PCDF) deu início a uma operação que investiga fraude na rede pública de saúde do Distrito Federal. Segundo apurações, um médico diretor do Instituto de Gestão Estratégica (Iges-DF) estaria roubando equipamentos (principalmente respiradores) para revendê-los.

O profissional, na verdade, seria líder de um grupo criminoso. A organização estaria se aproveitando da crise causada pelo novo coronavírus para subtrair os materiais. Depois, os suspeitos revendiam tanto para empresas particulares, quanto para o próprio GDF, por intermédio de uma empresa.

Nesta quarta (03/06), os policiais cumpriram sete mandados de busca e apreensão na casa do servidor e nas sedes do Iges-DF e da empresa intermediária, localizada no Setor de Indústria e Abastecimento (SIA). O Ministério Público (MPDFT) auxilia na ação.

Se condenados, os suspeitos poderão responder pelos crimes de peculato e advocacia administrativa. As investigações seguem.

Fonte: Jornal de Brasília com informações do Portal Pro Brasilia