CLDF amplia ações de prevenção à Covid-19
Delmasso convoca reunião virtual com as Comissões de Aprovados das Carreiras Públicas do DF

PLANO B DE ANDERSON FERREIRA (PSC) PARA A PREFEITURA DO RECIFE MENDONCINHA (DEM) É O NOME IDEAL PARA CONSOLIDAR SEU SONHO DE 2022

Fotos: Redação

04 de junho 2020

A pavimentação do caminho que poderá levar o prefeito jaboatanense ao comando do governo de Pernambuco passa pelo apoio de um prefeito forte na Capital

Por Redação

Após discussões promovidas por alguns blogs do Estado sobre a possibilidade ou não da candidatura de Clarissa Tércio à Prefeitura do Recife, por motivo de a mesma residir em Jaboatão – o que é fato, inclusive por ser naquele município a base da família do Pastor Francisco Tércio, onde se localiza o Templo Central do Ministério Novas de Paz e a Rádio Novas de Paz, tendo a mesma recebido ali o segundo maior número de votos nas últimas eleições (8.322) – a deputada estadual pelo PSC apresentou as informações de que seu título foi efetivamente transferido para a capital pernambucana. No mesmo, consta como local de votação a Zona 007 – Seção 0055, no Parque de Exposição de Animais Cordeiro.
Ocorre, no entanto, que o fator mais importante para que o PSC a indique e a apoie para a efetivação dessa postulação, passa pelo cacique-mor do PSC, o prefeito de Jaboatão dos Guararapes, Anderson Ferreira, mesmo o seu irmão, André Ferreira, sendo o presidente do partido em Pernambuco.
É sabido que o prefeito Anderson cogita – após e se ganhar a reeleição como prefeito de Jaboatão dos Guararapes – sair candidato a governador do Estado e, analisando-se os prós e os contras de o partido conquistar a Prefeitura do Recife, o candidato (ou candidata) que for o vitorioso se fortificará bastante, e no caso de ser a deputada Clarissa Tércio, que teve uma excelente votação no Estado, essa força será ainda maior. E isso não é interessante para o prefeito Anderson Ferreira, pois ele não vai querer uma oura grande liderança dentro do PSC, que venha a medir forças com ele em 2022.

Portanto, o mais lógico e mais coerente, nas próximas eleições, é o prefeito Anderson Ferreira apoiar Mendoncinha (DEM). Além de se tratar de um nome forte, quem vem numa crescente nas pesquisas desde o começo deste ano, Mendonça Filho foi vice-governador durante os dois mandatos de Jarbas Vasconcelos, governador nos últimos 9 meses do 2º mandato e tem conhecimento profundo da máquina – o que poderá ser de grande importância para Anderson.
Não se pode também desprezar a força de Mendonça Filho a nível nacional, tendo sido um dos melhores ministros da Educação do país, nos últimos anos, e foi quem enfatizou a importância do ensino em tempo integral e quem articulou a reforma do Ensino Médio, que Temer aprovou por meio de Medida Provisória e tem sido a grande bandeira do atual governo. Não à toa, ele foi cogitado várias vezes para integrar o ministério de Bolsonaro, justamente como ministro da Educação.
Por fim, Anderson deve alongar sua visão até 2022 e ver que, o nome que vêm apoiando atualmente, o de Alberto Feitosa, terá dificuldade de decolar nas pesquisas e, portanto, o Plano B será Mendoncinha que, sendo o prefeito do Recife em 2022, ele terá como obrigação de dar o troco e apoiar Anderson Ferreira para governador, o que será de vital importância, assim como foi importante o apoio de Geraldo Júlio para Paulo Câmara se eleger governador, principalmente na segunda vez, em que não tinha mais o apoio e a força de Eduardo Campos.