Covid-19: Organização RUAS doa 900 cestas básicas, 3 mil kits com itens de higiene e limpeza e arrecada 30 mil reais para apoiar moradores das periferias do DF
Delmasso pede cancelamento de anuidade do Conselho Federal de Odontologia

O Desabafo de Uma Médica de Belém-PA “Os Hospitais de Campanha Salvarão Muitas Vidas”

Foto: Divulgação

28 de abril 2020

Médica Raíssa Lamara “Eu nunca vi uma doença assim”

Por Kleber Moraes

O desabafo da Médica Raíssa Lamara é no mínimo muito preocupante, quanto à forma que o Presidente Bolsonaro vem conduzindo o combate ao COVID-19.

“Ontem fiz plantão no hospital de campanha e eu queria falar e expor muita coisa aqui, mas em resumo: se vocês pudessem ver o que eu vi, se vocês pudessem passar 1h lá dentro, vocês não iam querer sair de casa nem pra abrir a porta pro entregador de comida ou que seja.

Tem gente com plano de saúde internada lá no hospital de campanha. Tem até médico internado lá dentro. Hospital particular não dá mais conta e quem tá dando conta é o SUS. Então não interessa se você paga UNIMED há um milhão de anos. É num leito do SUS que você vai ficar.

E digo mais, nós que estamos lá dentro não estamos dando conta da quantidade de pessoas internadas. Não pára de chegar gente. Ambulância chegando com 5 pacientes dentro e temos que evoluir todo mundo, prescrever. Eu sei que é difícil pedir, mas tenham paciência.
Estamos sobrecarregados.

E machuca muito ver vídeo de gente passando na frente da hangar falando que é um “elefante branco do Helder”, quando ontem, além de médica, fiz também papel de maqueira e de tudo. As técnicas e enfermeiras correndo pra dar conta de fazer todas as medicações.

Fisioterapeuta da UTI indo pra sala vermelha após terminar seu trabalho, pra ajudar com o que pudesse. Ontem eu entrei as 6:30h da manhã, saí as 20:30h e não me alimentei e nem fui ao banheiro durante todo esse tempo. Aí você sai do plantão e vai chorando no carro no caminho pra casa.

E ainda tem que abrir o jornal e ver defensores daquele presidentezinho dizendo que pode flexibilizar isolamento, fazendo carreata. Eu nunca fiquei tão aterrorizada em toda a minha vida como ontem.
Eu nunca vi uma doença assim.”

www.centraldejornalismo.com.br

Raísa Lamara, médica.
Belém – PA