Saúde paga R$ 6,4 milhões em TPD a servidores
O verbo “esperançar”

MP descobre transferências milionárias em contas operadas por Ricardo Salles

Foto; divulgação

29 de maio 2020

Ministro teria acumulado R$ 7,4 milhões, conforme Ministério Público.

Fonte: Revista Fórum

De acordo com as informações, Salles repassou R$ 2,75 milhões da conta de seu escritório de advocacia para a sua conta pessoal em 54 transferências, feitas entre 2014 e 2017

Por Redação
‌‌‌
‌O Ministério Público de São Paulo (MP-SP) quebrou o sigilo do ministro do Meio Ambientem Ricardo Salles, e descobriu transferências milionárias entre contas controladas por ele. As informações são da Revista Crusoé. A reportagem afirma ainda que as investigações do MP agora tentam avançar nas suspeitas de sonegação fiscal e lavagem de dinheiro.

De acordo com as informações, Salles repassou R$ 2,75 milhões da conta de seu escritório de advocacia para a sua conta pessoal em 54 transferências, feitas entre 2014 e 2017.

‌No período, Salles exerceu dois cargos públicos na gestão do ex-governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), além de atuar como advogado na iniciativa privada.

Deve ter mais
O inquérito foi aberto pelo MP em agosto do ano passado para investigar a suspeita de enriquecimento ilícito de Ricardo Salles. A investigação ainda não acabou e deve aparecer mais por aí. O período todo a ser analisado pelo MP é de 2012 a 2017, quando Salles deixou de atuar como advogado para ocupar cargos no governo paulista. O ministro teria acumulado R$ 7,4 milhões em cinco anos.