SNFDT presente ao 45º aniversário das relações diplomáticas entre Brasil e China
30 de janeiro de 2020

Jogos da CPLP são tema de reunião preparatória para Conferência de Ministros de Angola

Tempo de leitura 2 minutos – 24/07/2019

A ilha de Timor Leste, no Sudeste Asiático, vai realizar em julho do ano que vem os 12º Jogos Desportivos da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa. Serão aproximadamente 800 atletas sub-17, em sua maioria estudantes da rede pública de ensino dos nove integrantes do grupo de nações lusófonas – Brasil, Portugal, Angola, Cabo Verde, Moçambique, Guiné-Bissau, Guiné Equatorial, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. A preparação do evento e as possibilidades de parceria para agilizar a organização foram temas de debate nesta segunda-feira (22.07), durante a reunião preparatória para a 12ª Conferência dos Ministros da Juventude e Desporto da CPLP, em Luanda, capital angolana.

O secretário especial do Esporte do Ministério da Cidadania, Décio Brasil, é o representante do governo brasileiro na Conferência dos Ministros, marcada para terça e quarta-feira (23 e 24.07). Ele participou da reunião preparatória e destacou a importância de troca de informações entre a comunidade lusófona: “Cada um dos países da CPLP traz aqui para Angola experiências em políticas públicas que devem ser disseminadas e aproveitadas por todos”.

Também presente na reunião, o diretor do Departamento de Desenvolvimento e Acompanhamento de Políticas e Programas Intersetoriais de Esporte, Educação, Lazer e Inclusão Social da Secretaria Especial do Esporte, Angelo Costa, conversou com a delegação timorense para apurar as principais demandas para os Jogos do ano que vem. “Eles precisam de pessoas com expertise para ajudar na organização: árbitros, cronometristas, técnicos e supervisores. O Brasil tem bastante experiência com grandes eventos e certamente vai auxiliar o Timor-Leste”, avaliou o diretor.

Além dos Jogos Desportivos de 2020, a Conferência de Ministros tratará de assuntos como o combate à dopagem na comunidade de língua portuguesa, o esporte educacional e a ética desportiva. Nesta terça (23.07), o secretário brasileiro, Décio Brasil, fará uma apresentação sobre a estrutura do Ministério da Cidadania e o conceito de integração entre esporte, cultura e desenvolvimento social.

Embaixador
Também nesta segunda-feira, a delegação brasileira na Conferência de Luanda, que inclui a secretária da Juventude do Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos, Jayana Nicaretta, participou de uma reunião de trabalho seguida de almoço com o embaixador do Brasil em Angola, Paulino Francisco de Carvalho Neto.

O embaixador destacou Luanda como porta de entrada do Brasil na África: “Temos uma comunidade brasileira de mais de 15 mil pessoas aqui em Angola. Apesar da crise econômica pela qual o país vai passando por conta da queda do preço do petróleo, sua principal commodity, há uma gama de interesses mútuos que precisa ser explorada. O esporte e os temas de juventude estão nesse cenário”.

A Embaixada do Brasil participará com um estande na Bienal de Jovens Criadores da CPLP, evento paralelo à Conferência de Ministros, que será inaugurada nesta quarta-feira (24.07).

Paulo Rossi – Ministério da Cidadania, de Luanda