EDIÇÃO 111 DA REVISTA TOTAL SERÁ LANÇADA NO PRÓXIMO DIA 15, EM GRAVATÁ- PE
Pela primeira vez, BRB conquista credenciamento no Fungetur
Exibir tudo

Festival Porão do Rock apresenta edição virtual nos dias 19 e 20 de dezembro

14 de dezembro 2020

A programação será transmitida ao vivo, diretamente de super estrutura em Brasília, pelo canal do Youtube do festival. Entre os nomes que sobem ao palco estão Krisiun, Dead Fish, Marcelo D2, Franciso El Hombre e Tuyo. O festival arrecadará fundos para apoiar o coletivo Backstage Brasília, formado por profissionais da área da cultura que atuam na técnica

Um dos mais longevos e importantes festivais de Brasília, o Porão do Rock, terá edição virtual em 2020. Compreendendo a importância de incentivar o público a não se aglomerar evitando a proliferação do Coronavírus, o festival acontece nos dias 19 e 20 de dezembro, ao vivo, pelo canal do Porão no Youtube. Toda a programação será gratuita.

O Porão 2020 Live Festival será transmitido diretamente de uma super estrutura, um galpão da empresa parceira do evento, Marc Systems, oferecendo a melhor qualidade de som, luz e transmissão. Como é de praxe no festival nos últimos anos, variadas vertentes do rock têm lugar na programação, assim como expoentes de outros gêneros musicais, passeando pelo folk, rap e R&B.

Em 2020, o festival se divide em um primeiro dia inteiramente dedicado ao rock e um segundo dia que flerta com o pop, o rap e outros estilos. Para os rockeiros de plantão, o sábado, 19, será de música da melhor qualidade com Krisiun (RS), uma das bandas de rock mais prestigiadas do Brasil; Dead Fish (ES), que apresenta seu novo disco lançado este ano; Autoramas (RJ), com participação especial de BNegão (RJ); além dos brasilienses DFC (DF), Caos Lúdico (DF), Estamira (DF) e Mariana Camelo (DF). A noite termina com a transmissão de Temple of Shadows in Concert, filme de Edu Falaschi (SP) que será lançado com exclusividade no Porão. A programação tem início às 18h.

Já no domingo (20), a partir das 17h, o público poderá usufruir de uma mescla de ritmos e sonoridades com Marcelo D2 (RJ), lançando seu disco “Assim tocam meus tambores”; Francisco El Hombre (SP), com a participação especial da banda Muntchako (DF); os curitibanos da Tuyo (PR); o ex-Rumbora, Alf Sá (DF); além dos prata da casa Realleza (DF), Lupa (DF) e Surf Sessions (DF).

O Porão 2020 Live Festival é realizado por meio de fomento da Secretaria de Turismo do DF e contará com a apresentação de Fred, dos Raimundos. O festival também arrecadará fundos para o coletivo Backstage Brasília, formado por profissionais da área da cultura que atuam na técnica.

Serviço – Porão 2020 Live Festival

Quando: 19 e 20 de dezembro, sábado a partir das 18h e domingo a partir das 17h

Onde: canal no Porão no Youtube (www.youtube.com/poraodorockoficial)

Quanto: gratuito, sem necessidade de retirada de ingresso

Mais informações: contato@poraodorock.com.br // www.poraodorock.com.br

Contribua com a vaquinha do Backstage Brasília: https://www.vakinha.com.br/vaquinha/backstage-sem-fome

Saiba mais sobre as bandas:

DIA 19 (SÁBADO)

KRISIUN (RS)

Desde 1990, Alex Camargo, Max Kolesne e Moyses Kolesne, são não só irmãos de sangue mas também de Death Metal. Formada em Porto Alegre (RS), a banda Krisiun ruma aos 30 anos de carreira fiel ao estilo. Do álbum debut, o clássico “Black Force Domain”, até o recém lançado “Scourge of the Enthroned”, que chegou a figurar em diversas listas em 2018 como a “Heat seekers” da Billboard, o grupo é certeiro e nada os tira do caminho de serem verdadeiros ao estilo Death Metal.

AUTORAMAS (RJ) + BNEGÃO (RJ)

Os  riffs e os efeitos originais de guitarra, o baixo com distorção, as batidas dançantes, as letras e melodias características daquela mistura de surf, garage, bubblegum, punk espacial, iê-iê-iê. Esse é o Autoramas! Nesses mais de 20 anos, a banda lançou sete discos, fez shows em todos os Estados do Brasil, tocou em 23 diferentes países. No Porão, a banda ainda conta com a participação mais que especial de BNegão numa apresentação incrível e imperdível!

DEAD FISH (ES)

Consagrada como uma das principais bandas de hardcore do Brasil por seu discurso político progressista, Dead Fish aborda, na maioria de suas letras, a saúde e educação pública, além de denunciar, sem meios termos, a desigualdade, desonestidade, preconceito, hipocrisia e violência no país. Com quase 30 anos de estrada e com muitos prêmios e reconhecimento nacional e internacional, a banda lançou este ano o disco Lado Bets.

EDU FALASCHI (SP) – TEMPLE OF SHADOWS IN CONCERT – ESTREIA MUNDIAL

Uma das atrações mais aguardadas do Porão 2020 é a ESTREIA MUNDIAL do especial EDU FALASCHI – TEMPLE OF SHADOWS IN CONCERT. O filme, que comemora os 15 anos de sucesso deste memorável álbum. Este é único show do festival que não será transmitido ao vivo, mas por uma razão ótima: esta é uma das produções audiovisuais mais aguardadas pelos fãs de rock Brasil afora. Temple of Shadows in Concert contou com a presença dos convidados Maestro João Carlos Martins & Orchestra Bachiana, Kai Hansen (Helloween/Gamma Ray), Guilherme Arantes, Michael Vescera (Malmsteen/Loudness), Sabine Edelsbacher (Edenbridge) e Tiago Mineiro.

CAOS LÚDICO (DF)

Formado em 2015, o Caos Lúdico é formado por João Ramos (Voz/Guitarra), Rafael Marreta (Baixo), Guilherme Wanke (Bateria), Haniel Tenório (Trompete), Felipe Andrade (Saxofone) e Luciano Batista (Trombone). Influenciada principalmente pelo Ska, pelo Reggae e pelo Punk Rock, a banda conta com composições vibrantes e suas letras apresentam recortes do cotidiano com um discurso direto ecoando um som forte e contemporâneo. Em sua trajetória, a banda conseguiu encontrar um estilo próprio aliando a contemporaneidade à pressão do punk rock e do ska.

DFC (DF)

Na estrada desde 1993, a DFC é conhecida no meio alternativo pelo seu hardcore rápido, empolgante e também pelo sarcasmo político e irônico de suas letras. Brasiliense, o DFC (Distrito Federal Caos) é formado por Túlio (vocal), Miguel (guitarra), Leonardo (baixo) e Fredvan (bateria) e se consolidou como uma referência da música pesada no cenário brasileiro. Realizando shows ininterruptamente desde o ano de sua criação, a banda sempre leva aos palcos a expressão de suas canções em uma contagiante interação com o público.

ESTAMIRA (DF)

Formada em 2007, a banda Estamira é formada por Manu Castro (baixo), Clarissa Carvalho (guitarra), Maiara Nunes (bateria), Ludmila Gaudad (vocal) e Sara Abreu (guitarra). Desde sua formação inicial, tem como mote a luta das/pelas mulheres, além da permanente criticidade em relação aos sentimentos e ao mundo, utilizando o metal tocado por mulheres como meio artístico de expressão. O grupo já tocou em importantes palcos do DF e diversos festivais, tais como Festival Vulva La Vida, FestivaL Noise Underground e Móveis Convida.

MARIANA CAMELO (DF)

Cantora, compositora e instrumentista, Mariana Camelo iniciou sua carreira musical em meados de 2005, aos 14 anos. Lançou seu primeiro disco autoral em 2013, intitulado “Contradição e outras estórias” e desde lá vem galgando importantes espaços. Seu trabalho musical já percorreu diversas casas de show do Distrito Federal e entorno, assim também como os principais festivais locais como Brasília Capital Moto Week e Porão do Rock. No final de 2018, lançou o EP Fragmentos, que apresenta no palco do Porão 2020.

DIA 20 (DOMINGO)

MARCELO D2 (RJ)

Com mais de 20 anos de carreira e habilidade de transitar entre os mais diversos gêneros, esse ícone da música brasileira traz ao palco do Porão seu mais novo disco: Assim Tocam Meus Tambores – obra transmídia contemplando álbum e filme. Produzido e apresentado ao público durante a pandemia, o disco terá lançamento oficial no Porão. De forma pura e com uma humildade e simplicidade extremas, Marcelo se despiu de seus medos, esnobou vulnerabilidades e compartilhou sua verdadeira essência com o público em mais de 150 horas de lives em seu canal na Twitch para apresentar ao público esta nova produção. De choros ao vivo à audios de whatsapp e ligações para amigos e outros artistas, D2 habilmente rompeu o limiar entre real e virtual.

FRANCISCO EL HOMBRE (SP)

Se você é antenado no cenário musical independente certamente já ouviu falar dessa galera. Francisco, el Hombre é um projeto visceral que expurga vivências, urgências e o que mais estiver entalado na garganta por meio de canções. Formada pelos irmãos mexicanos Sebastián e Mateo Piracés-Ugarte e pelos brasileiros Juliana Strassacapa e Andrei Kozyreff, o grupo não permite que o coloquem numa caixinha, pois se entende como uma obra viva em constante transmutação e evolução. No Porão 2020 eles recebem ainda a presença da banda brasiliense de música instrumental Muntchako, que soma a esse show com seus beats inovadores e disruptivos.

TUYO (PR)

O Porão 2020 também vai ter um pé no folk com os curitibanos da Tuyo. Formada por Machado, Lio e Lay, a banda funde organicidade e texturas eletrônicas com temáticas existenciais. Seu EP de estreia “Pra Doer”, foi lançado em 2017 e apresenta o estilo contemplativo do trio. Em 2018, o álbum “Pra Curar” sedimenta sua identidade, trazendo uma proposta vocal audaciosa, letras sensíveis e beats complexos. Agora em 2020, a Tuyo se prepara para lançar seu novo álbum. Com uma estética que passa pelo folk e vai desde o lo-fi hiphop até o synthpop, o trio cria um som potente, capaz de despertar a vulnerabilidade com leveza.

REALLEZA (DF)

Prata da casa, Realleza é rapper, cantora, compositora, dançarina e afrontosa! Têm ascendência brasileira e moçambicana, trazendo em sua música a cultura que cruzou os mares e a força da periferia do DF. Sua potente voz é fio condutor de uma performance autoral que investe na dança, no grave e no empoderamento feminista negro. Com uma década de carreira, essa artista chega abalando as estruturas com o lançamento do seu EP de estreia intitulado AFRONTOSA, disponibilizado ao público em abril de 2020, disponível em todas as plataformas digitais.

ALF SÁ (DF)

Nascido em Fortaleza e criado em Brasília, o cantor, compositor, multi-instrumentista e produtor, Alf Sá integrou bandas como Rumbora, Câmbio Negro, Supergalo e Raimundos. Com estas, rodou o América Latina, Europa e Estados Unidos, tocando em grandes festivais e concorrendo a prêmios de veículos especializados (MTV, Multishow, entre outros) e obtendo vários hits alternativos. Em 2013, iniciou seu projeto solo com uma sequência de singles e videoclipes e em 2017, com arrecadação via crowdfunding, lançou pelo selo paulistano Hearts Bleed Blue seu 1º álbum solo, “Você já está aqui”. Um lugar onde se funde indie-rock, soul, afro-sambas e beats eletrônicos. Seu mais recente single é “Freio de mão”, lançado em 2019. Alf está atualmente em fase de produção de seu novo álbum, que será lançado em 2021.

LUPA (DF)

Mais uma excelente representante de Brasília, a Lupa sobe ao palco no dia 20 para um mega show! Essa turma já se apresentou em vários importantes festivais do Brasil, incluindo Bananada, Do Sol e o Rock in Rio! Formada por Múcio, Junin, Moya, Victor e Dezis, a banda apresentou seu primeiro disco ao público em 2017 e desde o “Lupercália” vem conquistando fãs Brasil afora.

SURF SESSIONS (DF)

Maturidade e renovação, duas palavras que fazem parte da nova fase da banda Surf Sessions. Com 12 anos de estrada o grupo acaba de lançar seu sétimo trabalho intitulado “Inverso”, que apresenta no Porão 2020. Formada por Rafael Monte Rosa (guitarra e voz), Bittenca (guitarra/violão e voz), Renato Azambuja (percussão e voz), Jorge Bittar (teclado) e Juninho Fernandes (bateria), a banda é conhecida do público brasiliense por sua forma autêntica de apresentação e sonoridade, que mescla surf music, ska, reggae e muitos outros gêneros numa pegada única.