Brasil é o novo epicentro da pandemia de coronavírus no mundo.
Decreto confirma inclusão de educação física como atividade essencial à saúde

CLDF – Rafael Prudente e Rodrigo Delmasso irão retirar ex-deputados e familiares do plano de saúde

Foto: Divulgação

25 maio 2020

Por Kleber MoraesCentral de jornalismo

“Voltar atrás em um projeto que causa desconforto à população é sinônimo de responsabilidade e respeito para com ela. Por isso estamos votando a retirada dos ex-deputados e familiares do projeto de resolução já na terça-feira” disse Delmasso.

O Deputado Rodrigo Delmasso apresentou o Projeto de Resolução 40/2020 referente a reorganização do Plano de Saúde da CLDF, ele é o supervisor do plano, já que é o Vice-Presidente.

O Deputado argumenta que quando da votação das alterações, não estavam previstos a inclusão dos ex-deputados e familiares como beneficiários e que esta se deu por meio de uma emenda da mesa diretora à Resolução.

Delmasso acrescenta que “eu e ninguém da minha família somos usuários do Plano de Saúde, o que nos dá isonomia para promover os ajustes necessários”

Os ajustes na nova resolução tem como objetivo diminuir os gastos da CLDF com o plano de saúde, propondo devolver recursos para serem investidos no SUS-DF, conforme prevê o Art. 27-A
da nova resolução e também modernizar a gestão do Plano de Saúde, propondo a privatização de uma parte dele, principalmente para os atuais deputados distritais, comissionados e ex comissionados.

“Quando a atual gestão assumiu o Plano de Saúde, existia um déficit de R$ 13 milhões e hoje sustenta um superávit de cerca de R$ 3 milhões de reais. É desse tipo de gestão que precisamos “, disse Delmasso.